lobisomem

lobisomem

lobisomem


a lua
com seu jeito de menina
decretou a minha sina
minha vida em penhora

vem cheia
vem tão bela, tão vistosa
que não nego e assim entrego
minha vida sem demora

eu uivo
sei que ela não me escuta
viro bicho, força bruta
sua vontade é minha senhora

e vivo
mais um dia de desgraça
meio lobo, meio homem
sem vontade de ir embora

Edimo Ginot
© Todos os direitos reservados