Paixonite

Foi desse jeito,
Foi flecha no peito
De imediato 
O culpido me acertou
Quando ela sorriu para mim 
Eu fiquei abestalhado,
Sonhando acordado,
Roubando flores no jardim 

Quando ela me deixou
Eu perdi o apetite
Tremenda dor de cabeça,
Tive insônia,
Até fraqueza,
Febre alta de paixão 
Amar assim não quero não 

Está faltando a medicina 
Fazer uma vacina
Contra o vírus do amor
Não quero me apaixonar doutor,
Não quero me apaixonar.

Tatiane Correia Silva - Compositora/Poeta (SALVADOR-BA)
© Todos os direitos reservados