O Amor Humano é uma Piada

Há uma certa esperança na juventude,

A qual constrói contos de fadas esdrúxulos,

Onde há amores eternos superando todos os obstáculos,

E então, miramos nisso em busca de nossos próprios espetáculos!

 

Mal sabemos (e tenho de rir disso!) como é a vida!

Aguentar defeitos e manias; conciliar interesses e abrir mão...

Ter compreensão com o que é ilógico também

E, nem vou me aprofundar nas críticas, pois vai muito além.

 

O amor ideal é tão diferente do social.

A sociedade prega leis e convencionalismos pífios

Para emoção mutável a medida que se vive,

Visto que, amar para sempre é raríssimo sem que se prive

 

De ter experiências no mundo e se apegar.

É duro e sarcástico, mas não há muito espaço para o idílico

E não falo de experiências pessoais e nem nada,

Porque o amor humano, é mesmo, uma grande piada!