Vinho, escada, ponte, e fauna

Gosto dos risos
Da madrugada
Gosto da escada
Que acessa a ponte

Gosto do vinho
Bebido em gargalo
Compartilhado
Com gente da noite

Gosto da vela
E a sombra das mãos
Que transforma a parede
Em palco de vida

E tras à criança
A doce ilusão
Da fauna das mãos
Pela luz refletida.

Ricardo Lemos
© Todos os direitos reservados