Seus passos.

E ouço seus passos... Sei que é ela.
Seu jeito de andar, altiva, dona do mundo...
Passos firmes, atravessando a sala de estar, enquanto arruma as flores, organiza almofadas, reloca pequenos objetos, escravos de seu toque.
Tudo tem a marca de sua presença.  

Posso imaginar um último olhar, para ter certeza de que tudo ficou bem.
Este é o seu jeito de ser.   Nossa cama... Lençóis impecáveis, perfeitamente estendidos.
Travesseiros arrumados e seu perfume no ar.
 No carinho deste cuidado, sinto-me agraciado.  

Nosso amor, nascido na força da juventude, não foi vencido no tempo.
Tornou-se eterno.
Como o cipreste do campo, cresceu e ganhou as alturas.
Ficou forte, ficou lindo, ficou para ser admirado. Hoje acolhe em sua sombra, uma história.  

Ouço seus passos, subindo a escada.
O coração bate forte, alterando o ritmo do meu respirar.
Já posso sentir a energia de sua presença. Momentos, que valem por uma vida, acontecem aqui, enquanto o mundo, lá fora...
 
Simplesmente desconhece.

Jrunder (JRUnderavícius)
© Todos os direitos reservados