Site de Poesias

Menu

EQUILÍBRIO DISTANTE

EQUILÍBRIO DISTANTE


Movimento de forças antagônicas
Se equilibram na soma resultante
Que ao reter virtudes autonômicas
Produz na ação equilíbrio distante


Solução que se acha no horizonte
Dos eventos resolvidos pelo tempo
Fazem da individualidade sua fonte
Do achismo seu melhor argumento


Assim, no comportamento humano

O Conflito natural se reveste insano
Em peleja que não aponta vencedor


São contendores carecidos de amor
Que não percebem o real desengano
Nem a verdade do espírito hegeliano


Marco Antônio Abreu Florentino


Soneto crítico aos que querem impor suas ideias e pensamentos a todo custo, não respeitando o contraditório nem as opiniões de outrem, mesmo diante de argumentações mais sólidas, recusando assim, qualquer forma de diálogo ou discussão, base do espírito democrático.


PS: Soneto motivado pela prisão do deputado federal Daniel Silveiras, do PSL, bolsonarista de carteirinha, também truculento, ignorante, assassino e um dos líderes da atual barbárie brasileira, que afrontou e ameaçou descaradamente fechar o STF, incitando claramente a violência a todos os ministros daquela casa. E pra piorar a situação, alguns parlamentares ainda defendem tal ação justificando com o argumento absurdo do desrespeito à liberdade de expressão. Se Bolsonaro tivesse sido levado a sério desde a época em que fazia semelhantes declarações, hoje estaríamos livre desse desastre brasileiro.     

https://youtu.be/lH5rqC4t_q8

(O Bébado e o Equilibrista- Elis Regina)

Compartilhar
Marco Antônio Abreu Florentino
17/02/2021