Site de Poesias

Menu

O Fim da Picada


Nesses últimos dias recebi de pessoas próximas, alguns vídeos, que logo os classifiquei como “fake news” de tão desumano que era, tendo como origem profissionais da área da saúde. Eu jamais poderia acreditar que tais profissionais, enfermeiros e técnicos de enfermagem, que em determinado momento, em seus estudos, fizeram o juramento de enfermagem, possa, de maneira desumana, praticar o que esses vídeos nos mostram. Fiquei boquiaberto ao constatar, pouco tempo depois, que tais vídeos, para a minha indignação, eram verdadeiros. Como era possível em tempos de pandemia, os idosos, grupo de risco para a contaminação do Covid 19, depois de enfrentar longas filas debaixo de sol escaldante, serem expostos propositalmente ao vírus mesmo após ser vacinado! O fato, além de absurdo é revoltante. Alguns enfermeiros e técnicos por várias regiões do País, invés de aplicar corretamente a vacina nos idosos, simplesmente dão a picada sem no entanto, empurrar o êmbolo da injeção com a vacina propriamente dita no braço do idoso, para, posteriormente aplicar em seus parentes ou até mesmo negociar a vacina com terceiros. Esses profissionais, juraram dedicar a vida a serviço da humanidade respeitando a dignidade e o direito de qualquer pessoa exercendo a enfermagem com consciência e fidelidade e não praticar atos que coloquem em risco a vida das pessoas. E o que foi mostrado em algumas reportagens é exatamente o contrário de tal juramento, pois os idosos vão de coração puro, acreditando estarem sendo vacinados contra esse vírus cruel e encontra pessoas mais cruéis do que o próprio vírus que não aplicam a vacina. Com isso, os idosos, por acreditarem que estão imunizados, podem relaxar na prevenção, no uso de máscara, no distanciamento e assim, tornam-se alvo de contaminação e transmissão do vírus. É o fim da picada, digo isso de maneira utópica, porque, no País da piada pronta, estão fingindo aplicar a vacina em idosos quando verdadeiramente só lhes dão a picada. E o mais absurdo é que as justificativas que são relatadas, são piores do que os próprios atos que praticam, tais como: falha do êmbolo, quando se vê claramente que nenhum gesto, nenhum esforço sequer, em momento algum foram feitos para empurrar o êmbolo com o respectivo líquido vacinal. Até quando a sociedade ficará nas mãos de profissionais como esses? E isso não diz respeito apenas a essa classe de profissionais não, em todas as áreas profissionais nesse País da impunidade o dolo, o engano, a mentira, a propina e a corrupção, de maneira intrínseca, já faz parte dos procedimentos. É o fim da picada.
 

Compartilhar
Zeca Moreira
16/02/2021