VOANDO POR AÍ...

E voando por aí está

A borboleta, no seu voar,

Ela é sutil  tal rainha

Do jardim que vivencia...

 

Ela vai pra lá e pra cá,

Uma pausa sempre faz

Em cada flor visitada

Por ela, em sua escalada...

 

A borboleta surge à vida

De dentro de seu casulo,

Balançando ao vento uno

 

Que quer derrubá-la no chão,

Mas isso não acontece não,

E o seu voo faz, decidida...

 

Pois é, né, neste carnaval silencioso, nada mais singelo que observar a borboleta no seu voar e voar entre as flores

Aqui em casa, interior do Paraná/PR/BR

Josea de Paula
© Todos os direitos reservados