LONGE PERTO

LONGE PERTO

Sua presença ao ficar tão perto
Confundia o meu olhar distante
Me sentia sem rumo no deserto
Na solidão do resignado amante

Difícil é ter você longe dos olhos
Mas sempre perto na imaginação
Só em sonho é possível lhe amar
Liberar reprimida força da paixão 

Estar ao seu lado me deixa pleno
Nada do que faz ou diz é pequeno
Cada gesto seu me deixa radiante

Na expectativa dum amor delirante
O qual tudo que faz não é obsceno
Na ideia de ter um romance sereno

Marco Antônio Abreu Florentino

https://youtu.be/RestgicuX6Q
(Perigo - Zizi Possi)

Marco Antônio Abreu Florentino
© Todos os direitos reservados