Novo velho ano.


 
E mais um novo ano se inicia...
Novos objetivos, novas promessas,
Novos prazos, velhos e renovados sonhos.
 
Porque passamos a maior parte de nossas vidas, sonhando.
Sonhando com o amanhã, com o “quando tivermos”,
Sonhando com o novo, com o “como gostaríamos se fosse”.
 
E o tempo implacável, passa sem nos dar atenção...
Assim, novos anos se tornaram velhos e deixamos de vivê-los.
E amargamos o quanto deixamos para trás.
 
Sofremos tentando mudar outras pessoas,
Talvez para conseguirmos que elas nos façam felizes.
Esquecemos de ama-las assim como são.
 
Por egoísmo quem sabe, julgamo-nos sempre com a razão.
Mas a razão nos entrega menos do que a tolerância e a compreensão.
E passamos toda a vida na expectativa de um novo ano...
 
Que nunca virá, se o novo não acontecer dentro de nós.
.
.
 
 
 
 

Jrunder
© Todos os direitos reservados