Loucura

*Loucura* (infernal)

Me afastaei de muitas pessoas

e não é por mal. 

Já comecei a me esquecer... 

Não só de pessoas. 

Não lembro quem sou, 

Nao lembro o que tenho ou faço. 

Quando acho que vou me lembrar... 

meu humor facilmente se altera, 

a tensão e a intensidade aumenta 

e óbvio... 

sono 

é algo que não tenho mais. 

Quando tenho sonho. 

E mesmo em sonhos 

dormido ou acordado

não consigo ter paz!!

Cães latem na minha porta 

e quando a abro... 

todos já foram embora. 

Para além dessa matilha 

há um canino maldito,

não sei 

se cachorro ou lobo, 

sozinho... 

Ele não para de uivar! 

Eu fecho meus olhos,

ele uiva, eles latem... 

Alguém mexe na chave... 

Outrem na janela taca pedras.

Ah... 

Eu sabia! 

É você!

Di...abo! 

Deixe-me em paz! 

Manda esses demônios 

latirem na minha porta. 

Não tenho medo de você,

animal territorialista. 

Na minha casa você não entra.

Entra, e veja se não arranco sua língua! 

Arranco e a FAÇO comê-la! 

Os latidos param 

e vou pegar um copo d'água. 

Nunca vi tantos objetos cortantes em minha sala. 

Pensei que eram para cortar sua língua, acabei de prometer que faria comê-la.

Maldito... 

quer que eu tire minha vida.

Não negócio com

mentirosos de merda.

Seus cargos são mixaria,

Ele me prometeu a vida eterna. 

Chega 

desse pesadelo.

É hora de acordar. 

1

2

já!

Parado meu coração está a 180!

Não sei se rio ou choro.

O adjetivo "sozinho" está tão próximo.

Não me lembro de ter dormido

ou a quanto tempo estou acordado. 

Não me sinto do sinto cansado do sono! 

E esses latidos, 

parecem risadas. 

E esse uivar... 

parece uma fala. 

Levanto da minha cama 

devagar desço as escadas... 

Não posso acreditar que

 tudo isso é sério. 

Me vejo caído 

no chão 

com uma 

tesoura na mão. 

Eu morri 

e fui para inferno. 

[ *Cães latindo*: demônios rindo. ]

[ *Lobo uivando* : Morte cantando. ]

[ *na Porta* : Diabo vindo receber. ]

E o manicômio onde estou... 

- O quê?! 

@alexandre.cezarfh 

@prosasalexandrinas

Alexandre Cezar Fh
© Todos os direitos reservados