Site de Poesias

Menu

DE REPENTE

De repente
Acabou o amor
O tédio entrou pela porta
O prazer saiu pela janela
De repente
O coração está ocupado
O meu amor ficou de lado
O seu sorriso me esqueceu
De repente
Você nunca me pertenceu.

FLOR MORENNA

Compartilhar
Flor Morenna
05/11/2020

  • 0 comentários
  • 345 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados