Site de Poesias

Menu

O que eu mais queria

[Ilustração não carregada]


O que eu quero é muito pouco...
Ainda não sei ao certo
se busco o que está por perto
ou me lanço onde não alcanço,
se me volto para dentro
atrás de qualquer emoção
ou me espatifo no chão.


Meu coração anseia
palavras ocultas na imensidão,
mesmo “meio que” bombardeado
pulsa ao poema abandonado
e arrisca acender a sua luz.


Sigo seu passo desconcertado,
capto palavras alienadas,
corrompidas, que não dizem nada,
tento escrever em versos
parcos, mancos, brancos,
um poema que não tenha pena
de uma alma triste,
de um coração que insiste
em bater mais do que sente.




Carmen Lúcia

Compartilhar
Carmen Lúcia
04/11/2020