Na Minha Porta

.. a realidade bateu na minha porta
E eu abri. Te vi, ali!
Aos poucos fecho a porta
Solto suas mãos
Lentamente!
Consigo respirar, enxergar
Consigo me desligar
E ligo as contradições
As evidências…

— Flor Morenna

 

 

Flor Morenna
© Todos os direitos reservados