Site de Poesias

Menu

A VIDA É MINHA


(Edson Nelson Soares Botelho)


A dor já não é mais problema

Nem a loucura pode ser pior

O amargo destino aproxima-se

A morte é inevitável


O sorriso procura disfarçar

Os pensamentos de morte

Triste, sozinho e sem esperança

Tendo a ruína como amiga


As estradas tornaram-se escuras

A inveja e a raiva dominam

Foi ditado que a felicidade é impossível


Escondido no meu silêncio absoluto

O assustador manto de sangue aproxima-se

O meu pesado fardo terminará na morte

Compartilhar
Edson Nelson Soares Botelho
18/10/2020