Site de Poesias

Menu

ASSIM É O AMOR....ME DESMINTA SE PUDER ...

 
Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor ]
 
Ah ! o amor, o que é o amor,  como ele nos atordoa
Nos deixa meio dopado, meio assustado, muito feliz
Amor, bicho danado de bom, se é correspondido
Tudo é maravilhoso, é beijos e abraços, a vida é boa
Mas...sempre tem um mas, e se quem se ama, não quiz
Não corresponde a expectativa... ai o amor, é malvado
 
Ai ele, doí demais, nos faz sofrer, nos da desespero.
Traz  a  amargura, a solidão, choramos, tudo em vão
Não tem concerto, não tem remédio, vira a nossa vida
Tudo passa a ser um tédio. uma agonia, uma desilusão
Parece que vamos morrer, não temos a pessoa querida
Pedimos ajuda a Deus, aos amigos, até ao nosso porteiro
 
E ninguém da jeito, não tem reza, temos que tentar viver
Sem rancor, sem agonia, e sempre trazendo uma esperança
De que quem amamos, vai escrever, vai ligar, vai nos chamar
E assim as engrenagens do tempo se movem, sem cessar
E dia após dia, o sofrimento vai acalmando, diminui o sofrer
E somos enganado, pela vida, como se fora uma criança.
 
Mas bem la no fundo do nosso coração, uma tal de saudade
De vez em quando, do amor perdido, nos faz logo se lembrar
Ficamos até com vontade de chorar,  correr para o amor buscar 
Temos até ciúmes, por saber que seu amor, pode estar na verdade
Com outro alguém,  feliz a amar, beijar ,e nem sequer, na realidade
Se lembra que um dia você a ela amou, e sofreu muito, de verdade.....
 
 
 
 
 
 
 
 

Compartilhar
Ary Bueno [Príncipe dos poemas e do amor]
14/09/2020