Site de Poesias

Menu

VEJA QUE A VIDA...É SÓ UM PICADEIRO DE CIRCO...

 
Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor ]
 
Aonde esta o palhaço, que me fazia rir
Para onde foi, o circo, que a tempo sumiu
E os trapézista, que fingia que ia cair ?
E os mágicos, que procuro e ninguém viu
 
Quem andava na corda bamba, aonde anda?
Me diga que fim levou, aquele equilibrista
Quero poder pipoca comer, escutando a banda
E vendo no globo da morte, os motociclista
 
Sonho, com os mágicos, seus truques aprender
Que diabos, para que inventei de um dia crescer
Se perdi, toda a infância, e não posso retroceder
Não posso sonhar, nem fazer o passado reviver
 
Que lastima, como somos ignorantes, e crescemos
Que bom se pudesse um dia,  inventar uma maquina
Para me levar de novo a ser criança, feliz, traquina
Mais isto jamais acontecerá, pois somos o que somos
 
E se um dia Deus, vai mesmo fazer os mortos renascer
Juro que nunca vou querer de novo chegar a envelhecer
Quero ser, eterna criança, adulto, não fico podes crer
Serei, no picadeiro da vida, quem nunca mais vai crescer...

Compartilhar
Ary Bueno [Príncipe dos poemas e do amor]
14/09/2020

  • 0 comentários
  • 13 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados