Site de Poesias

Menu

Amores vãos.


Enquanto em mim nascia a poesia,
Que em lindos versos se faria florir,
Deste meu jeito de poeta, tu te rias,
E os poemas eu guardava, só para mim.

E a paixão que avassalava-me a alma,
Tal qual as flores, não viveria assim...
Esmoreceu trazendo a paz e a calma,
Fazendo a vida aquietar-se, por fim.

Amores vãos, sementes no deserto
A espera é inútil, jamais irão brotar.
A poesia é flor que em solo fértil,
Perfuma a vida e nos permite sonhar.

Compartilhar
Jrunder
10/09/2020

  • 0 comentários
  • 19 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados