Site de Poesias

Menu

QUE DE TANTO AMOR....EU POSSA MORRER !!!!

 
Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor ]
 
Vazio esta o quarto meu, vazio esta meu peito
Tudo lembra o meu amor, me assombra a noite
Imagino ver o vulto teu, abraça-lo, não tem jeito
Soluço tão cheio de dor, é como sofrer mil açoite
 
A alma se quebra em pedaços, me sinto perdido
Os olhos, derramam lágrimas, que caem ao chão
O corpo curvado, se sente acuado, triste esquecido
Meu pensamento, arde em chamas, por esta paixão
 
Quando terminará este castigo, e eu possa esquecer
Este amor que trago comigo, esta solidão que mata
Será que nunca voltarei a sorrir, quero poder viver
Quero esquecer de tudo que a minha alma maltrata
 
Preciso de um novo amanhecer, um amor encontrar
Ser feliz, com alguém a me abraçar ao anoitecer
Que saiba me dar paz, felicidade, e possa me amar
Sem frescura, sem pudor, e que de amor eu possa morrer....

Compartilhar
Ary Bueno [Príncipe dos poemas e do amor]
10/09/2020

  • 0 comentários
  • 13 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados