Site de Poesias

Menu

Preciso daquele sentimento

Eu fui uma garota 

Que tanto sonhou na vida

E quando vivenciei o sonho

Ao fim de tudo encontrei o desprezo.

 

Na juventude eu sonhava

Até altas madrugadas

Com o olhar atento aos sonetos.

 

Quantas confidências à lua fiz

As estrelas sabem todos os meus segredos 

O céu ainda guarda minhas palavras de encanto 

Minhas lágrimas secavam com o vento.

 

E a garota cresceu, amou na vida, se tornou mulher

Encontrou alguém e acreditou ingenuamente

Que poderia com essa pessoa 

Viver todos os seus poemas.

 

Crença tola de quem não conhecia a vida

Abandonei a poesia amiga

Por uma paixão que pensei que duraria

Mas que não durou mais que alguns instantes. 

 

Hoje o que tenho na vida é o amor

O amor que perdoa, o amor que tolera

O amor que o bem a outra alma deseja

O amor companheiro, que se dedica, que ajuda

Mas que sozinho não basta

Que não mais me contenta.

 

Não desprezo o amor

O amor é um dos sentimentos mais belos

Que inspira poetas

Mas ainda tenho necessidade daquele sentimento

Da paixão que arde, que queima.

 

Preciso daquele sentimento

De sempre desejar, ter expectativas, sonhar, delirar

E quase nunca ter 

E quando finalmente ter

Recomeçar de novo

Não na vida, mas nos pensamentos.

 

Vou trair o amor da vida

É claro, só nos sonhos

E voltar a me encontrar com a poesia

Que me deixa louca. 

 

Compartilhar
Melina dos Anjos
02/09/2020

  • 1 comentário
  • 31 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados