Site de Poesias

Menu

Reluz

Como invejo o tempo... Ele nunca  envelhece!
Eu o conheci ainda criança... Toda uma vida de esperanças,
Todo um futuro à minha espera.

Passamos tantos momentos juntos,
Fomos amigos, companheiros...
Caminhamos lado a lado. Sempre a passos ligeiros.
 
Tempos saudosos de infância, tempos de juventude,
Tempos de amor, que saudades...
Como o tempo nos ilude!

A vida passa no tempo e no tempo ela termina.
E a deixamos assim...
Como o dobrar de uma esquina.
 
E tudo o que conhecemos, no apagar dessa luz,
Fica gravado no tempo
E apenas no tempo, reluz...

Compartilhar
Jrunder
01/09/2020

  • 0 comentários
  • 35 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados