Site de Poesias

Menu

Por vezes...





 


Por vezes, sinto sede...
Sede de poesia.
Um desejo enorme de adentrar
Nas virgens matas da inspiração,
E desbravar as palavras.
Falar de sonhos, ambições, anseios, desejos...

Por vezes sinto necessidade...
De ser puro, verdadeiro, real.
Adentrar nos corações e desbravar segredos.
Saber do amor. Saber dos enganos.
Conhecer a profundidade das solidões.
Por vezes quero falar às almas...

Compartilhar
Jrunder
30/08/2020

  • 0 comentários
  • 34 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados