Clemência!

Ah! Meu amor! Não me deixes...
Embora de mim te queixes,
Eu te quero com fervor.

Fica ao meu lado pra sempre,
Que prometo, eternamente,
Te dar todo o meu  amor.

Ah! Minha amada, eu sofro,
Só ao pensar em partida!
Sei que a dor da despedida,
Jamais irei suportar.

Se toda essa minha paixão,
Transformar-se em solidão,
A vida (em eterno sofrer),
Levar-me-ia a morrer,
Junto com toda ilusão.

Ah! Fique ao meu lado, te imploro!
Não vês o quanto eu choro,
Ao imaginar sua ausência?

Fica, aquietes tua alma,
Analise assim, com calma,
Meu pedido de clemência!

JRUnder
© Todos os direitos reservados