Site de Poesias

Menu

Desenredo

 

E foi tudo bruscamente 

Tirado

As trocas de olhares...

De sentimentos...

Esse adeus o deixou desvairado

Um adeus sem palavras

Físicas 

Mas que no peito ficou grafado

Queria que fosse um até logo

Mas como adivinhar um futuro

Que está diante dos meus olhos?

Assim como no começo

Tento desencabeçar esse desenredo.

 

Compartilhar
Geanderson Chagas
29/07/2020