Site de Poesias

Menu

URGÊNCIAS


 
 
Aqui, onde inverno e verão se trocam,
Onde sol e chuva inundam por si sós,
Onde as trevas são o silêncio da escuridão...
 
Aqui, onde centenas de rituais se misturam,
Onde milhões de fiéis falam da palavra Santa,
Onde outros milhões de seres se dizem ateus...
 
Aqui, onde agnósticos ficam em cima do muro,
Onde muitos prevaricam mesmo falando Dele,
Onde a “massa” é estoica e plebe simultaneamente...
 
Aqui, onde muitos pobres mostram o que não têm,
Onde milhões de abastados escondem suas riquezas,
Onde muitos que querem viver apenas sobrevivem...
 
Aqui, cá, lá, ali, acolá... Seja lá onde for...
A vida sente necessidade
De ser mais sincera, fiel e honesta!
 
 
DE  Ivan de Oliveira Melo

Compartilhar
Ivan de Oliveira Melo
23/07/2020