Site de Poesias

Menu

Pensamento em cárcere

 

Está frio e escuro

Neste porão úmido e sem escrúpulo

Estou preso, sem ar

Aqui, definitivamente, não é lugar de se estar

Minha visão está turva

Meu corpo está cansado

Não aguento e me curvo

Que lamentável estado

Ainda escuto o som da liberdade

Que atravessa a parede

Me trás a falsa esperança

de que um dia terei voz

Mas estou sufocado neste porão

Que é meu algoz, 

meu vilão.

 

Compartilhar
Geanderson Chagas
14/07/2020