Site de Poesias

Menu

Heresia





Herege! exclamavam as vozes!
Herege! Incrédulo! Ateu!
No ápice da minha heresia,
Não vi luz nos olhos seus...

Não percebi que o brilho,
Que se fazia fulgir,
Do fundo do seu olhar
Não lhe deixava mentir.

Descrente do seu amor,
Eu, que tanto lhe amei
Deixei que findasse em dor,
A vida que tanto sonhei.

E procurei outros dogmas
Que me mostrassem a razão,
De haver tanta tristeza
Dentro do meu coração.

Todos à minha volta,
Perceberam o meu engano,
Ao desprezar seu amor verdadeiro,
Em busca de outros, profanos...

Compartilhar
Jrunder
14/07/2020

  • 0 comentários
  • 15 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados