Site de Poesias

Menu

Amigos

      
 
Amigos são laços que atam, desatam 
Na ida, na vinda, na lida da vida
Abraços que acolhem, verdades que curam
E aquela saudade em tempo de partida 
 
Não há distância para amor de amigo
Não há tempo ruim, nem mesmo a dor
Amigos são as pontes dos abismos 
São fontes num deserto sem calor
 
Amigo é poço d’água que não seca 
Atalho, no caminho, salvador 
Amigo é brisa doce que refresca
E é pérola do sopro do Senhor
 
Amigos
Encontros nascidos por uma razão 
Amigos
Irmãos escolhidos pelo coração 

Compartilhar
Silvestre Sobrinho
17/06/2020

  • 1 comentário
  • 55 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados