Site de Poesias

Menu

Segura minha mão

Você consegue compreender que existe o tempo que quero estar com você e existe o tempo que preciso pensar em você?

A Marvel tem seu nome que fala por si só, maravilhosa!
Mas, quando tenho os momentos de pensar em você é para fazer igual fazer a DC:
Endeusa personagens.

Eu sei ontem eu disse que o somos é o que somos, mas, eu quero pensar que somos indestrutíveis. Tipo um super homem e uma mulher Maravilha.

Já pensou a gente dando as mãos e voando por aí?
Para viver bem basta atar bons laços!
Ainda bem que tem contigo o laço da verdade.

Mulher, eu vou te amar tanto!
Amar é proteger.
Se alguém apontar o aço p'ra você,
vou fazer que nem o Clark,
estufando peitão de aço para não deixar que outros por meio de pólvora queimada fure seu coração.

Mas, é bem provável que depois disso eu caia no chão.
Minha Deusa...
Eu vou voltar como borboleta,
para alegrar os seus dias,
esperançar sua vida,
ver o meu legado e sequência da vida segurando sua mão.

Minha deusa,
não se esqueça,
posso nem sentir seu cheiro
agora,
mas, toda noite vou visitar você em seu coração.

Então, abre os olhos
não sou um fantasma
estamos conectados
desde antes do Deus
ser crucificado.

Nossas almas se encontram
toda noite pois são uma só.
Transbordando amor, bondade,
sonhando em salvar o mundo
para que seja melhor.

E então...
Segura minha mão.
Já estamos salvando
o mundo muito além da imaginação

nossa.
Veja como o vilão se incomoda,
torcem para que a gente se adapte.
Esqueça o poder que existe
em nossa ancestralidade.

E, então...
Segura minha mão.
Não vamos mais voar,
vamos andar pela praça.
Tipo Queen & Slim, mostrando que:
a gente tem medo de nada!

E então...
Segura minha mão.
Beija minha boca
acelera meu coração.
Você, minha heroína,
minha vida, minha linda,
Maravilha, minha, minha,
minha, já mora no meu coração.

Minha casa é um barraco,
se só tá nós
as paredes de madeiras
vão beijar o chão.

Não importa como,
não importa onde,
tamo m'ó feliz da vida
se lá tiver só um colchão.

 E então...
Segura minha mão.
Beija minha boca
acelera meu coração.
Você é  minha preta,
minha deusa, minha rainha-Maravilha, minha, minha,
minha, Cleopatra Jones do meu coração.

Segure minha mão,
não olhe para trás,
maravilhas da vida é você  quem faz, é você quem traz.
Enriquecendo cardiologistas
porque no meu coração, que era uma favelinha,
você começou a construir uma mansão.


Segura minha mão.
Segura com vontade.
Essa é a nossa liberdade.
(Combater a tristeza da realidade.)
Escolher ser escravo do verbo amar.

Segura a minha mão.
Aperta ela com tanta força
que é para eu ter certeza que não vai soltar.

Agora solta...

Segurou com tanta força que me deu vontade de tocar,
preciso contar e cantar
sobre as belezas
de sentir um amor tão forte
que faz eu errar acordes por estar com a mão doída.

Bonita,
vem,

Segura minha mão.


@alexandre.cezarfh

Compartilhar
Alexandre Cezar Fh
08/06/2020