Site de Poesias

Menu

Minhas dores são minhas

Minhas ideias não são minhas,

Minhas emoções não são minhas,

Minhas posses não são minhas,

Minhas vidas não são minhas.

Minhas... Apenas as minhas dores,

Mas negam-me estas dores.

Negam-se as dores.

Dores sem cheiro,

Sem cores,

Sem sabores.

Insípidas para todos,

Amargas para mim.

Mas, são minhas.

Não são natas.

Conquistei-as,

Trabalhei-as,

Cultivei-as,

Amei-as.

Sim !

São minhas.

Compartilhar
PAULO ALEXANDRE RICO ESTEVÃO
04/06/2020

  • 1 comentário
  • 26 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados