Site de Poesias

Menu

O Mito do Salvador da Pátria

 
O Mito do Salvador da Pátria
 
Não creio em salvadores da pátria...
Adolf convencia com suas certezas
E praguejava asperezas contra os inimigos do povo,
E não foram os judeus – o grande inimigo
O umbigo que levou sua pátria à derrota,
Mas o frio da Rússia e sua horda de bárbaros...
 
Não creio em salvadores da pátria...
Josef praguejava contra os inimigos do povo,
E perseguia poetas, professores, pensadores,
E não foram os tais – os traidores do povo
Que levaram seu regime enfim à derrota,
Mas a queda de um muro em Berlim e o próprio povo...
 
Não creio em salvadores da pátria...
Benito, Il Duce, prometia um país rico e próspero,
E proclamava áspero a restauração do Império Romano,
E não foram os bárbaros – destruidores do Império
Que o levaram à derrota e à morte dependurado,
Mas soldados de sua própria pátria...
 
Não creio em salvadores da pátria...
Saddam ergueria uma nova Babilônia,
Prometia castigo, sem cerimônia, aos infiéis,
E não foram os tais que o tiraram dum buraco
em que se escondia já fraco, mas seu próprio povo
E seus soldados deserdados...
 
Não creio em salvadores da pátria...
Dada: VC, DSO, MC, CBE
(Conquistador do Império Britânico),
Viveu no exílio titânico, condenado em sua terra,
Nunca mais pode voltar ao abrigo de Uganda,
Morreu de cirrose...o fígado de seus inimigos!
 
Não creio em salvadores da pátria...
Mohamed era o líder fraternal, chefe do estado de massas,
Jamahiriya! Terceira Teoria Internacional!
Seu corpo foi exposto na praça para o povo,
Depois enterrado num deserto incerto...
Para que ninguém saiba onde está!
 
Salvadores da Pátria não salvam nada,
Se apresentam de forma teatral,
Em gestos fálicos e vitoriosos,
Se auto-proclamam num sinal, e elegem inimigos do povo,
E o mundo se divide entre seu estado e os inimigos do povo,
E o povo é só uma metáfora despoética!
É o símbolo degenerado dum espelho partido,
É a alegoria desfigurada duma personalidade fragmentada,
Mas o grande inimigo, o inimigo verdadeiro,
É a História que vai marcar sua trajetória
Como a derrocada da insanidade!
 
 

p { margin-bottom: 0.25cm; line-height: 120%; }a:link { }

Compartilhar
Jayro Luna
04/06/2020