Site de Poesias

Menu

O presente é um presente

[Ilustração não carregada]

 
O presente é uma porta
É um tempo de mudança
É um mundo diferente
Não aponta esperança?
 
A prisão, a liberdade
A riqueza e a pobreza
São presságios desse tempo
Que não passa de lamento
Corações despedaçados...
 
Como um vasto rio
É o tempo atual
Traz o santo o profano
A verdade e o engano
Estabiliza o caos.
 
Tempos de oportunidade
Ele é uma porta aberta
Ao íntimo de cada ser
Que procura se esconder
Em busca de descoberta
 
É autodescobrimento
Em nossos próprios labirintos
De tudo o que há em nós
Na realidade atroz
Em nossos próprios instintos
 
Nas catedrais do nosso ser
Nessa incerta certeza
Nosso coração nos diz;
Não é tempo pra tristeza!
 
O momento é agora,
Agora é a hora
De cuidar do solo,
Plantar a semente
Cultivar as plantinhas,
Arrancar as daninhas
Do jardim da mente
 
O momento é agora,
Agora é a hora
Colher as flores
Viver a vida
Celebrar amores
 
O momento é agora,
Agora é a hora
De cantar uma canção
Fazer uma leitura
De ver o tempo passar
Nas asas da literatura
 
O tempo é de isolamento
Não é tempo de lamento
Ele é um instrumento
Para todo crescimento
 
Crescimento na bondade
Em nossos modos de ser
Em ouvir mais fundo
Perceber o vasto mundo
Que existe em cada ser.
 
O presente é poema
O presente é flor
Porém, deixa cicatrizes
Das folhas às raízes
Em qualquer que for.
 

 

Compartilhar
Ozeas Auto Pereira
04/06/2020