Site de Poesias

Menu

Matizada

 

Suave brisa,

Seiva perfumada, 

Oxigênio, 

Estrela reluzente 

Na minha noite mais escura,

Formosa criatura, 

Aquarela dos meus dias

Musa desenhada pelos Deuses,

O meu coração é seu refém, 

Rosa azul,

As suas pétalas são cobertas

Com o mais puro açúcar ,

Sereia da boca rubra,

Poema em forma de canção 

Que sentido teria respirar

Se a sua pele de seda

Não estivesse ao meu alcance?

Se os seus olhos 

Não encontrassem os meus?

Presente de Deus

É acordar nos seus braços 

Nesse lindo sonho real.

                                        Tatiane Correia Silva

Compartilhar
Tatiane Correia Silva - Compositora/Poeta (SALVADOR-BA)
22/05/2020