Site de Poesias

Menu

Do Bric-à-Brac da Vida - NILO TAPECOARA - - Soneto de um solitário - Ialmar Pio Schneider - Por que a solidão me faz tremer

DDo Bric-à-Brac da Vida
                                               NILO TAPECOARA
                                                                                                         
 
                                          Soneto de um solitário
 
                                                           Ialmar Pio Schneider
 
                                   Por que a solidão me faz tremer
                                   no escuro desta noite, sem ninguém?
                                   Oh! quem sabe, eu nasci para sofrer
                                   e tu que lês meus cânticos, também !...
 
                                               Minha mágoa não posso descrever;
                                               é uma vontade de possuir alguém
                                               e ao mesmo tempo a ela pertencer
                                               com toda força que minhalma tem.
 
                                   Eu sei que a madrugada chegará
                                   e o galo vai cantar; é o mensageiro
                                   a prenunciar o dia que amanhece.
 
                                               Maior tristeza que a minha não há:
                                               mas se fores feliz, sem desespero,
                                               não guardes estes versos e me esquece.
 
                                                           CORREIO DO POVO - 11.12.1981

______________________________________________________________________

 o Bric-à-Brac da Vida

 

Compartilhar
Ialmar Pio
15/05/2020