Site de Poesias

Menu

O lado de dentro da gente!

O lado de dentro da gente

É ofegante, quente, gritante !

À moda antiga, com desejos aguçados 

Um prato repleto ao negrume  da vida!

Não sou servida......

Porque não estou trajada

Com vestes finos exigidos....

Disposta a ser apreciada....

Com vinhos finos e iguarias ...

Na bandeja da vida ..

A vida já viu de tudo.....

Orgulhos de troianos 

Vestidos com rendas finas

Que caem por terra

Na utopia das ácidas lágrimas

Que mostram o que não tem dentro!

Sem saber se  é hora e lugar de chorar!

E ranger os dentes!

Esse é o lado mais instigante

Dentro da gente!!!

Célia Guímaro.

 

Compartilhar
Célia Guímaro
10/05/2020

  • 0 comentários
  • 33 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados