Site de Poesias

Menu

Assassino em Série

Minhas vontades voltas
entre a violência,
a comida e o amor.

Penso nos seus beijos
que embora leves e suaves,
são muito ardentes!

Não apague as luzes,
hoje eu quero ver tudo.
Encontramos o silêncio absoluto.


Escutamos nossas batidas
de nossos corações,
O ar que entra pelo nosso
nariz e sai pela nossa boca.

Agora tudo escuro!
Quero te ver com meu corpo.
Te ver passando minhas mãos
em seu rosto.

Enquanto desabotoando
seu jeans, tão justa! Você me olha
como se eu fosse o último
homem do planeta. - Eu Adoro! -

Passo a mão na sua barriga!
Hummmm, como eu gosto!
minha mão sobe procurando
seu sutiã e você manda eu parar.


- Admiro sua inteligência, mas...
Como pode ser tão ingênua? -
Enganchada de cinturas,
uma mão te puxa pelo cabelo
e te faz lembrar:

Você é minha!
(Enquanto dou essa lição de moral
uma mão massageia seu peito
e a outra invade sua calcinha.)
Não me diga o que fazer!

Você é minha!
Sua única obrigação
é me obedecer.
Então, faça!
Faça direito.

Você vem beijar minha boca
enquanto meus lábios tocam
seus seios.
Eu resolvo ceder,
peço para com calma me beijar.

Você vem com desespero!
Puxo seu cabelo,
mordo seu pescoço
você aperta meu braço
em ritmos quase iguais.


Hoje não é blues nem jazz.
É drunk drums, Lo-Fi!

Uma mão na coxa, a outra
na sua bunda, eu te puxo
para meu colo e te faço minha pu-...

xa vida esqueci da roupa,
já rasquei elas todas.
Esse beiço tão carnudo
que você gosta começa a te chupar.

Você é minha!
Faço o que eu quero com que é meu.
Dessa fonte jorra água, dela eu bebo.
Você é cardíaca?
Se morrer, saiba que mereceu.

Mereceu morrer de prazer.
Transbordando!
Já que está toda sensível...
Só me resta mais um plano.
Eu quero entrar! Quero ficar!
Quero entrar e morar, nesse lugar.


O lugar é você!
"O fez tanto para tanto eu te querer?"

- A minha intenção,
foi te enlouquecer.

"O meu coração tá disparado.
Acho eu que vou morrer."

- Transborda, - minha - amor!
Transborda! Eu sou
um assassino em série
matando por prazer.

Eu quero entrar!
Eu vou entrar
em você!

Eu sou
um assassino em série
matando com prazer.

Eu vou entrar!
Quero morar em você,
nossos corpos já estão molhados
quero ficar onde vou construir
meu legado.

Me pergunta, vai:
"Você quer me ter?"

- Eu sou
um assassino em série
te matando de prazer.


@alexandre.cezar.fh

Compartilhar

Curitiba - Pr

Alexandre Cezar Fh
10/05/2020