Site de Poesias

Menu

Todo mundo sabe


Todo mundo sabe,
Eu sou o cara que não gosta de Natal. Todo mundo sabe,
Eu sou o cara que não gosta da Páscoa. Todo mundo sabe,
para mim, ano novo é besteira,
porque a vida nunca muda.

 


Todo mundo sabe.
Não, ninguém sabe.
Todo mundo sabe, não, sabe que alguém
sabe. Todo mundo sabe, mas não.


Sim, confesso, nunca peço desculpas,
nem por misericórdia.
Eu nunca peço ajuda!
Se é necessário ser simples para ir para o céu, com licença,
eu estou indo para o inferno.


Eu sei que nunca digo: eu te amo.
Eu sei que nunca seguro suas mãos.
Eu sei que você chora por mim em silêncio
porque eu não gosto de ouvir.


Essa música é um pouco desprezível,
e você é mais um(a) que apenas escuta se eu pedir.
Se para você: eu não sou engraçado nem bonito, por que você não vai se "fuder"?


Vai se "fuder"!
Me deixe em paz...
Ser o bom sempre foi caro e agora não posso pagar a ninguém.
Não mais...


Todo mundo sabe.
Não, ninguém sabe.
Todo mundo sabe, não, ninguém sabe.
Todo mundo sabe, mas não.


Todo mundo sabe...

 



@ alexandre.cezar.fh

Compartilhar
Alexandre Cezar Fh
12/04/2020