Site de Poesias

Menu

Gozação poética

Papel em branco
Dia poético,
Palavra medida.
Eu que não penso
Que figura de linguagem
Eu vou usar.
Deixe o poema
Fluir de forma natural,
Que cada um interprete
Da sua forma.
– Eu não tenho nada a explicar!
Se eu escrever sobre paz – você ver amor
Se eu escrever sobre paixão – você ver guerra
Se eu escrever sobre natureza – você ver sexo
Se eu escrever sobre vida – você ver…
Você ver no poema o que você
Quiser, o poema agora é seu!

O eu lírico? Não sou eu!
Faz de conta
Que as palavras veio de longe…

-Eu psicografei!

Compartilhar
Valter Bitencourt Júnior
27/04/2020