Site de Poesias

Menu

Querer

 
Na dor e no anseio
a alma...
Desaguada em pranto
Que do canto
ensaia
Que em mim
navalha
E que em ti
batalha sem fim...

No meu riso
tua dor acalma...
No teu riso
meu amor se espalha
E em tua boca
sede que valha
tudo que senti

Por fim
quero teu beijo
E teço fragilmente
o meu desejo
Pois teu desejo
ainda não sei

Se me queres
louco e breve
Se me queres
muito e sempre

Só sei que quero
não sei se breve
não sei se sempre...

Compartilhar

"Querer" é forma singela de poetisar uma bela construção. SSA, maio/2006

Silvestre Sobrinho
22/05/2006