Site de Poesias

Menu

SENTIDOS...


  
Sempre houve em mim
A necessidade de teu olfato,
Pois teu cheiro embriaga-me...
 
Sempre houve em mim
O desejo de teu paladar,
Porque teu beijo é mel...
 
Sempre houve em mim
A vontade de sentir teu tato,
Porquanto tua pele é espuma...
 
Sempre houve em mim
A ambição de escutar tua voz,
Visto que teu timbre me encanta...
 
Sempre houve em mim
O sonho de ser teus olhos,
Posto que quero ser teu mar...
 
Sempre há em mim
O devaneio de tua presença,
Porque apenas em ti
Colho flores de primavera!
 
 
DE  Ivan de Oliveira Melo

Compartilhar
Ivan de Oliveira Melo
10/04/2020