Site de Poesias

Menu

Lanço-me a vida !

No meu caminho, cada degrau é como um dedal

Justo, firme ...profundo! Colorido como 

Um coral...

Levanto acampamento sem susto !

Assim como faço voos rasantes !

Quero tudo muito simples...limpo, absoluto..

Para tecer a minha teia..

Cheia de lendas como um tear isento de obstáculos !

Vestida de veludo preto!

Capa de serpente 

Traço a lenda cumprindo a minha sina !

Com salto Luiz xv côr vermelho

Meias três quartos da côr do 💄

De alma lavada finco o pé..

Escondo as rugas com leque rendado

Na cor bordô, disposta a tudo !

Com uma taça de vinho fino ao mel...

Lanço -me à vida !!!

Célia Guímaro.

Compartilhar
Célia Guímaro
09/03/2020

  • 0 comentários
  • 21 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados