Site de Poesias

Menu

Outro engodo do capitão...

A conversa foi assim:


- Pai! Por que o senhor não falou por telefone? Tou ocupado!


- Você vai pra Bahia.


- Fazer o que?


- Conversei com aquele delegado que conheci no ano novo e ele vai arranjar tudo pra gente.


- E por que eu tenho que ir? Manda o Flávio!


- Tem que ser você. Tá com medo? Além de pouca taca perdeu as bolas, também?


- Na hora de me dar a Embaixada não me deu. Agora quer que eu resolva as tretas do meu irmão. Sabe que eu só tenho esquema em São Paulo com a ajuda do tio Renato. Aliás, tá tudo certo com a compra da fazenda com aquela grana que iria pra construção da ponte.


- Eu não desisti de lhe dar a Embaixada. Também vou morar nos Estados Unidos quando acabar o mandato. Semana passado comprei mais um punhado de joias com o cartão corporativo! Quero ter um cartão desses pra sempre!


- Como vai ser o esquema?


- O delegado vai usar a mídia do ACM hoje pra inventar que a Polícia Civil quase capturou o Adriano em Salvador.


- Mas ele tá lá?


- Claro que não, idiota! É só pra colocar a atenção lá. Na outra semana vai forjar uma operação em conjunto com nosso pessoal da PC do Rio e ponto final.


- Vai queimar o Adriano, pai?


- Não. Porra! É teatro.


- Ah! E por que eu tenho que ir?


- O Delegado quer ter a honra e a garantia de negociar direto com alguém da nossa família.


Dias depois o Deputado viajou para a Bahia e foi recebido pelo Delegado:


- Boa noite Excelência! Que prazer falar com o senhor. Tá tudo providenciado, viu? Já temos o indigente que vai ser identificado no lugar do capitão.


- E ninguém vai dar por falta?


- Não senhor! É um morador de rua. A gente vai deixar pra matar ele na hora pra ter bastante sangue e garantir o espetáculo pra imprensa que gosta dessas coisas.


- Tá certo, então. Papai disse que já tá na conta e que o pessoal do IML vai receber um presente maior.


- Ôxe! Que isso excelência! Já tá bom o combinado!


- Vai ser aonde a “operação”?


- No sítio de um Vereador do Partido que tá doidinho pra cair nas graças do seu pai. Ele tá acostumado a mentir e vai enganar a mídia fácil.


- Combinado. Podem agir.


No dia seguinte um indigente foi executado numa casa de praia... O Capitão está tranquilão no Sul esperando outra ordem pra acabar com outro desafeto da família...

Compartilhar
RONALDO RHUSSO
10/02/2020