Safira

Te vejo vestida de vento, perdida no ar. Te beijo com a boca molhada com a água morna do mar. Te olho nos teus verdes olhos, Safira você é menina meiga e mulher. Te tomo em meus braços, te deito na areia molhada e salgada. Safira, me leva contigo pra não mais voltar. 

Cesar Garcez
© Todos os direitos reservados