Site de Poesias

Menu

Sou Nordestina


Sou Nordestina-Nair Damasceno
 
 
Sou jangada em alto mar,
Sou canto do coqueiral,
Sou ave a gorjear,
Sou pirâmide de sal.
 
Sou terra seca, rachada,
Sou açude, riachão,
Estrela da madrugada,
Sou fibra do algodão!
 
Sou jurema, juazeiro,
Sou restinga e sou mangue,
Sou chuva de aguaceiro,
Sou rocha da cor de sangue.
 
Sou amor que desatina,
Eu não conheço derrota,
Sou mulher, sou nordestina,
Sou flor que da rocha brota!
 

Compartilhar
Nair Damasceno
08/10/2019

  • 0 comentários
  • 37 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados