Site de Poesias

Menu

Por quanto tempo

Eu sei que minha mente

Inventou muitas coisas a seu respeito, 

Que fizeram meu coração se apaixonar

Perdidamente.

 

Um monte de mentiras, eu sei,

Se instalaram em minha mente.

Só não sei como pode prosseguir

Dentro de mim tal sentimento.

 

A cada dia que passa a paixao aumenta;

Por mais que eu entenda ser ilusão,

Ser mentira tudo o que sei a seu respeito. 

 

E por isso eu me odeio

Mais a a cada dia,

Por ser responsável  pelo meu engano.

 

Por inventar, por me iludir e me apaixonar...

Por projetar em você tudo aquilo

Que tenho certeza: não é.  

 

Eu me odeio

Por meu coração ser burro.

Por eu saber e ainda assim

Não conseguir me desapaixonar. 

 

Por quanto tempo 

Durará essa loucura?

Por quanto tempo é tudo o que me preocupa?

 

Por quanto tempo terei que suportar 

Essa chama ardente e burra em meu peito?

Por quanto tempo?

 

 

 

 

Compartilhar
Melina dos Anjos
04/10/2019

  • 0 comentários
  • 30 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados