Site de Poesias

Menu

Estrada

Na estrada em que vai, na curva fechada e sinuosa em que tanto lhe causa medo, a paisagem passa tão depressa não deixando que perceba a sua frente o futuro que te espera, no retrovisor o passado que se apaga na distância, estará sempre vivo na lembrança. Se não voltar agora, talvez não volte jamais, a estrada em que vai agora é sua amiga, amanhã talvez não seja mais.

Compartilhar
Cesar Garcez
18/09/2019

  • 0 comentários
  • 35 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados