Site de Poesias

Menu

Gazel da alegria pingando

Bergamotas madurinhas se oferecem

à beira da estrada

Roubá-las!?

Amor madurinho descortina-se

na estrada da vida

Comê-lo?!

 

Amor madurinho não dói

corre foge chora brinca

Tonteia

Não dá mais bola pra ouro

Sabe que as rosas fenecem

As bruxas existem?

 

Amor madurinho constrói

cego surdo mudo e bobo

Pacifica

Entende que as horas são breves

"O tempo é uma bola de vento"

Há água nas pedras?

 

Amor madurinho usufrui

vinho sangue afeto e rugas

Incendeia

Uvas morangos champanhe

Chocolate amargo e doce

O que tens a oferecer?

Compartilhar
Geovani Bohi Goulart
04/09/2019

  • 0 comentários
  • 27 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados