Site de Poesias

Menu

A vida dói...


 
A vida dói...


Dói perder, dói saudade, chorar dói,
dói dizer adeus, mas o que dói mesmo é arrependimento,
ah! se ele matasse...

Dói saber que não se pode voltar no tempo,
que não dá para "ajeitar"
o que o que não tem jeito.
Dói ficar parado, dói não poder andar mais rápido,
não poder avançar no tempo e ver se as
coisas vão melhorar,
dói não saber,
não saber o que fazer para a vida avançar..

Dói tristeza, dói sorrisos que não são bem vindos,
dói sorrisos desviados, dói não chorar,
dói viver sem amar,
dói a angústia de esperar, dói não esperar...
esperar nada... de ninguém...
nem uma resposta... nem boa...

Nem ruim... sem resposta,
nem ninguém para esperar!
Dói o medo, dói escuro, dói luz, dói multidão,
dói solidão, dói barulho, dói silêncio...silêncio...silêncio...

Dói voltar, voltar para casa, para o passado,
para o que já estava há tempos guardado,
dói lembrar...
Doem palavras, dói quando não ditas,
dói quando são ditas!

Amar dói!?
Dói não ser amado, dói não ter com quem contar,
dói voltar no tempo e perceber que a
vida não saiu do lugar!
Muitas vezes pensamos que a vida é fácil,
cada vez mais percebemos o quanto ela é difícil.
Os que muito já viveram podem nos dizer
o quanto ela é dura,
e na maioria das vezes ela nos parece frágil.
A vida é assim,
o que nos parece escuro um dia,
no outro é luz!

Mas...

Não faça da dor de hoje, uma tragédia amanhã!
Dores passam e voltam, mas o tempo só passa!!!
Não deixe que a mágoa, a tristeza,
o sofrimento de hoje preencham seu
dia amanhã!!!

 


Deixo meu texto,com o link do livro onde foi incluído para que fizesse parte de uma linda homenagem e que talvez aqui também possa compartilhar certos sentimentos e adequação a momentos em particular de cada um. Obrigado.
http://www.luzdebrodowski.com.br/avidadoi.html

Compartilhar
Ariádne Virgínia Rodrigues Coelho
12/08/2019