Submerso


Submerso em sonhos quebrados
Reprimido sem motivo
Eu lutava enquanto estava para baixo
Coração estilhaçado em pedaços
Dividido sem saber o que fazer
Sem rumo vai morrendo, pouco a pouco
Destruindo a própria vida
Tentava esconder minha dor e afastar a insegurança
Todo mundo se fere durante a jornada
Seja forte suficiente para recomeçar
Mesmo que as consequências sejam desconhecidas
Não tenha medo de lutar
O medo de errar te faz não arriscar
Escolhas podem até te fazer sofrer, mas são aprendizados
Lágrimas não significam derrota
Existe esperança na escuridão
Deixe ir os pedaços fragmentado e liberte todos os sentimentos
Livre-se das amarras que te prendem
Entregue cada parte despedaçada ao amor
Ele sabe o que fazer, põe as peças no lugar
Te dá a vida e um novo coração