Site de Poesias

Menu

Pilares

Para fugir desse tedio vou buscando o encanto
das cores virgens de novas terras e mares
mas só vou erguendo meus pilares
onde os ares da paz soprarem seu canto.
 
Apesar dos bens de que tenho apego
busco na simplicidade encontrar o nexo
entre mim e a natureza de que sou reflexo
pois tudo que preciso e de paz e sossego
 
Uma sobra de arvora para poder dormir
vendo o tempo passar sem se despedir
enquanto lembro dos meus dias de menino
 
Em meu corpo que não e meu, e’ da terra
enquanto outros vivem alimentando guerras
na rotina das ondas vou encontrando meu destino.

 

Compartilhar
Harllei Oliveira
02/08/2019

  • 0 comentários
  • 11 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados